Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Home

Navigation

Como as empresas podem analisar o cumprimento do Código Florestal?

O novo guia prático auxilia compradores a verificar o cumprimento legal em suas cadeias de fornecedores.

As empresas compradoras de commodities agropecuárias e florestais estão sob crescente pressão para comprovar que seus produtos derivam de fontes agrícolas sustentáveis, e que estas não contribuem, por exemplo, com o desmatamento ilegal no Brasil.

O Código Florestal é a peça central na lei que regula a conservação e conversão de habitats naturais em terras privadas. Muitas empresas não possuem ferramentas que permitam analisar se as commodities em suas cadeias de fornecimento cumprem com o Código.

O novo guia foi desenvolvido pelo Proforest, BVRio e IPAM, sob a égide do Observatório do Código Florestal, e tem como objetivo auxiliar empresas na análise do cumprimento do Código Florestal por seus fornecedores. Este guia apresenta as ferramentas disponíveis hoje e em desenvolvimento, além de sugerir passos que os compradores e fornecedores podem seguir para cumprir com a lei.

O setor de compradores tem um papel importante para apoiar práticas sustentáveis na agricultura, e é também premente que reduza sua exposição ao risco de ilegalidade na cadeia de fornecimento. O guia objetiva utilizar a influência de grandes atores do setor privado para promover o cumprimento mais abrangente do Código. Com isso, atores internacionais podem alcançar seus objetivos de sustentabilidade a partir de políticas e ferramentas desenvolvidas nacionalmente, ao mesmo tempo em que contribui para uma apropriação local dos resultados e para a governança dos recursos naturais no longo prazo.

O guia foi lançado oficialmente na Assembleia Geral do Tropical Forest Alliance 2020, em Março de 2017 no Brasil, e é apoiado pelo TFA 2020, CDP, Cargill e Nestlé. 

Baixe a versão em Inglês do guia aqui

Baixe a versão em Português do guia aqui

Publicado 04.05.2017

CFA logo RGB