Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Home

Navigation

Rede de Profissionais da África

A Rede de Profissionais da África fornece experiência prática estruturada, treinamento e apoio na criação de uma rede profissional de especialists de governos, empresas e ONGs. Ela visa à capacitação para entendimento e implementação de governança e gestão mais sustentáveis dos recursos naturais do continente.

Quais são as nossas prioridades?

A Rede de Profissionais da África está estabelendo um programa de capacitação convincente, desenvolvendo capacidades locais de longa duração na África Ocidental e Central. Isto irá apoiar um grupo crescente de profissionais locais competentes, trabalhando em questões sociais e ambientais chaves na agricultura e na silvicultura, e desenvolvendo novas políticas e iniciativas para melhorar a governança e gestão de recursos naturais. Buscamos também uma maior integração entre essas diferentes iniciativas para facilitar suas implementações.

O que a Rede faz?

A Rede de Profissionais da África traz benefícios de quatro formas:

1. Parcerias

Desenvolvendo parcerias com outras organizações na região que possam fornecer, ou se beneficiar de, capacitação.

2. Experiência prática orientada 

Fornecendo oportunidades para estagiários participarem em auditorias reais de projetos de FSC e RSPO e avaliações de AVC, com supervisão e orientação de auditores experientes. Esta experiência prática permite que estagiários entendam os métodos e complexidades destes mecanismos. Visite nossa página do Programa de Experiência Prática  da APN (na sigla em inglês).

3. Treinamento formal 

Oferecendo cursos de treinamento formal em diversos assuntos, incluindo o licenciamento de avaliador de AVC, auditores-líderes de RSPO e RSPO para produtores. Desenvolvemos e fornecemos novos cursos em colaboração com parceiros locais no monitoramento da implementação da Aplicação da Legislação, Governança e Comércio do Setor Florestal (FLEGT na sigla em inglês) / Acordos de Parcerias Voluntárias para ONGs, assegurando consentimento livre, prévio e informado (CLPI) e processo de consulta.

4. Interações entre iniciativas 

Realizando workshops que reunem grupos na vanguarda de diferentes iniciativas e demais partes interessadas, para encontrar meios práticos de alcance dos objetivos em comum na região.

Por que isto é importante?

A agricultura e silvicultura estão expandindo rapidamente na África Ocidental e Central. Há uma variedade de políticas e iniciativas visando salvaguardar os benefícios e minimizar os riscos provenientes desta expansão. Estas incluem esquemas voluntários de certificação, tais como RSPO e FSC; iniciativas governamentais de planejamento do uso da terra em certos países; e iniciativas internacionais tais como REDD+ e EU FLEGT (nas siglas em inglês).

Governos, ONGs e empresas necessitam de capacitação técnica para implementar e se beneficiar destas políticas e iniciativas. Na falta destas capacidades, organizações de todos os tipos dependem fortemente de peritos externos, minando a sustentabilidade a longo prazo da gestão florestal e agrícola.

Parceiros de financiamento e implementação

Nossos parceiros e financiadores incluem o Programa de Governança Florestal, Mercados e Clima do Departamento de Desenvolvimento Internacional do Reino Unido (DFID na sigla em inglês); Tropenbos; Rainforest Alliance; WWF Camarões; Programa UICN da Região Central; Resource Trust.

Contate-nos