3 outubro 2022

O Protocolo do Cerrado avança para uma nova fase

O Protocolo do Cerrado avança para uma nova fase

O “Protocolo de Monitoramento Voluntário dos Fornecedores de Gado no Cerrado”, coordenado pelo Proforest, Imaflora e a National Wildlife Federation (NWF), está em fase final de avaliação e adequação dos critérios socioambientais e regras de análise. A versão de teste do Protocolo foi publicada em 2021 e organizações do setor avaliaram os potenciais impactos do protocolo na cadeia de fornecedores. Paralelamente, foi iniciada a estruturação de governança de longo prazo do Protocolo.

Os testes avaliaram os reflexos de critérios propostos em alguns dos mais importantes atores na cadeia da carne no Cerrado. O objetivo foi alcançar um conjunto de critérios que efetivamente acabe com a conversão de vegetação nativa, enquanto minimiza os impactos negativos sociais e econômicos.

Empresas envolvidas no início do desenvolvimento do Protocolo, incluindo Grupo Pão de Açúcar (GPA), Arcos Dorados, JBS, Minerva Foods, Frigol e Marfrig realizaram avaliações dos critérios em suas cadeias de fornecedores e debateram as oportunidades e desafios concontrados com o Comitê de Coordenação do Protocolo. Agora o Comitê está reavaliando os critérios da versão teste do Protocolo para apresentar propostas de ajustes.

A fase atual de desenvolvimento do Protocolo está sendo apoiada financeiramente pela Mars Petcare, McDonald’s e NWF, com apoio técnico da Proforest e Imaflora.

Leia a versão teste do Protocolo, conheça suas fases de desenvolvimento e saiba mais sobre o bioma Cerrado aqui.

Para receber as últimas notícias e informações sobre o Protocolo do Cerrado subscreva aqui.

Categorias: América Latina, Cattle

Share this:

You are currently offline. Some pages or content may fail to load.