Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Home

Navigation

Apoio à resina sustentável à base de açúcar

Um uso inovador da cana-de-açúcar, avaliada através de um código de conduta desenvolvido conjuntamente pelo Proforest, almeja provocar um impacto positivo no mundo da moda.

Um cliente da Proforest, a Braskem, co-desenvolveu uma espuma à base de açúcar para criar o solado de sapatos que está dando o que falar ao redor do mundo. Proforest apoiou a Braskem, uma empresa brasileira do setor químico e petroquímico, no desenvolvimento de seu Programa de Compra Responsável de Etanol. Esse programa possui dois importantes pilares: cumprimento – que estabelece os requisitos mínimos de fornecedores de etanol – e excelência – uma abordagem de melhoria contínua para a produção da cana-de-açúcar, material que é o insumo para a produção de etanol. 

Como inovadores no campo de bioplástico, um dos usos do etanol pela Braskem é a criação de resinas à base de açúcar, como alternativa a materiais tradicionais à base de petróleo. Os bioplásticos da Braskem são utilizados por uma ampla gama de empresas, incluindo IKEA e Lego, e sua mais recente parceria é com a start-up de sapatos, de dois anos, chamada de Allbirds.

Juntas, a Braskem e Allbirds criaram uma espuma de EVA (acetato-vinilo de etileno, em português) à base de açúcar, chamada de ‘SweetFoam’ (ou ‘espuma doce’ numa tradução literal para o português), que foi utilizada para fabricar o solado de uma nova linha de chinelos de praia.

Os sapatos Allbirds foram lançados este mês e já estão gerando interesse– incluindo um endosso do ator e ambientalista Leonardo DiCaprio.

O Proforest está orgulhoso de ter feito parte do desenvolvimento do código de conduta que avalia a matéria-prima da qual este produto inovador é fabricado.

Publicado 29.08.2018


Mais informações

Nosso trabalho apoia empresas na compra responsável de açúcar.

 

-