Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Home

Navigation

Lições aprendidas durante os 10 anos do GTPS serão apresentadas na próxima Assembleia Geral

Este ano, o Grupo de Trabalho da Pecuária Sustentável (GTPS) completa 10 anos de formação em dois eventos nos dias 16 e 17 de Novembro em São Paulo. O Proforest coletou lições aprendidas desses 10 anos.

O GTPS é um grupo que reúne diversos atores que compõem a cadeia de valor da pecuária como o setor financeiro, insumos, academia, produtores dentre outros, na promoção da pecuária sustentável no Brasil. Nesses 10 anos de existência, o grupo vem se fortalecendo e se estabelecendo nacional e mundialmente como uma referência para a discussão de pecuária sustentável.

O grupo surgiu em um período de grande atenção aos impactos negativos da pecuária no Brasil. O contexto internacional e as discussões geradas por relatórios da FAO (Programa das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação) e do Greenpeace apontavam a pecuária como o maior vetor causador do desmatamento da Amazônia direta e indiretamente. 

Após esse momento inicial de muitos embates, as discussões entre os diversos atores da cadeia da pecuária sobre pecuária sustentável continuaram avançando no Brasil. O GTPS experimentou um período de crescimento e a necessidade de passar da discussão para a prática tornou-se mais evidente. Neste momento, o Proforest passou a atuar junto ao GTPS para apoiar essa transição. O trabalho do Proforest faz parte da história do grupo e entre os anos de 2012 a 2016 tivemos um papel importante no fortalecimento institucional do grupo. Nossa atuação concentrou-se no suporte à revisão do modelo de governança do Grupo, na elaboração da estratégia, na facilitação do desenvolvimento do Guia de Indicadores da Pecuária Sustentável (GIPS) e na estruturação de projetos piloto de boas práticas de pecuária sustentável.

Em sintonia com o momento de comemoração dos 10 anos do GTPS, o Proforest capturou lições aprendidas de diversas pessoas chave no processo de consolidação do GTPS, como contribuição aos esforços da Colaboração para Florestas e Agricultura (CFA). Essas lições serão compartilhadas com atores envolvidos em outras mesas redondas de pecuária sustentável emergentes na Argentina, Paraguai e outros países da América Latina. Algumas dessas lições apontam:

  • A necessidade de encontrar algo que mantenha o interesse coletivo e o grupo coeso, utilizando motivações além da pressão de mercado;
  • Desenvolvimento de uma agenda que englobe todos os elos da cadeia;
  • Possuir doadores/financiadores de projetos e que ajudem na manutenção da estrutura administrativa do grupo;
  • A importância de uma liderança respeitada por diferentes stakeholders que consiga manter a coesão do grupo.

Isabella Freire Vitali, Co-Diretora do Proforest na América Latina, apresentará essas e outras reflexões na Assembleia Geral do GTPS que acontecerá no dia 17 de Novembro em São Paulo.

Para maiores informações, veja a página do evento comemorativo.  

Publicado 16.11.2017

  Twitter    Facebook

 

Logo GTPS 10y

 

 

-