Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Home

Navigation

PepsiCo lança programa para pequenos produtores de palma de óleo no México

Foi lançado o primeiro Programa de Apoio para pequenos produtores em busca da certificação RSPO do México durante o Congresso Mexicano de Óleo de Palma que aconteceu em Villahermosa.

O programa com duração de 3 anos tem como objetivo treinar 157 pequenos produtores em técnicas de cultivo sustentável de palma de óleo. Ele foi desenvolvido pela PepsiCo, cliente do Proforest, e pelas companhias de óleo de palma mexicanas Oleofinos e Oleopalma com apoio do Proforest, Femexpalma, RSPO e diversas associações de pequenos produtores.

RSSF_band

Utilizando a abordagem de Compras Responsáveis de Pequenos Produtores da SHARP (Smallholder Acceleration and  REDD+ Programme, em inglês, ou Programa REDD+ e de Aceleração do Pequeno Produtor, em português), o programa estabelecerá um modelo replicável para a certificação RSPO de pequenos produtores pelo país.

O programa— que é o primeiro de sua natureza no México — operará em quatro regiões produtoras de óleo de palma: Palenque e Nueva Esperanza, Chiapas, Jalapa e Tenosique. Por meio dessa organização, os parceiros poderão desenvolver trabalhos de construção de capacidades com 157 pequenos produtores. É esperado que 2,200 pessoas sejam beneficiadas nos próximos três anos.

Ao final da fase de implementação, o programa almeja ter alcançado os seguintes objetivos:

  • Tornar possível que todos os produtores envolvidos alcancem a certificação RSPO.
  • Melhorar a qualidade de vida dos produtores e proteger direitos de posse da terra, enquanto preserva florestas e biodiversidade.
  • Informar sobre os benefícios da produção sustentável a 1,000 produtores e 1,200 trabalhadores de campo que participarão das iniciativas de treinamento.
  • Servir como um modelo de desenvolvimento sustentável para a indústria de óleo de palma no México.

Este programa é um componente chave da abordagem abrangente da PepsiCo e impactará mais de 52,000 hectares de plantações de palma de óleo no México enquanto salvaguarda a biodiversidade, desenvolve a capacidade local e melhora a qualidade de vida do pequeno fornecedor.

“Por muitos anos, a PepsiCo vem trabalhando para crescer de maneira sustentável no longo prazo e com isso deixar um impacto positivo na sociedade e no meio ambiente. Nós chamamos essa visão de negócios “Performance with Sense” [ou Performance com Sentido, em português]. Nós traçamos um objetivo de que 100% do nosso óleo de palma possua a certificação RSPO até 2020”, disse Christine Daugherty, Vice Presidente de Agricultura Sustentável da PepsiCo.

Publicado 21.02.2018

Twitter   Facebook

pepsicoetc

femexpalma

-