13 agosto 2020

Permitindo que as Vozes dos Trabalhadores sejam ouvidas

Permitindo que as Vozes dos Trabalhadores sejam ouvidas

Proforest is implementing a trial of ‘workers voice’ tools at palm oil mills in Latin America and Southeast Asia, in collaboration with Cargill, PepsiCo, RSPO and Ulula. We work with mill managers, and workers to roll out O Proforest está implementando um teste com ferramentas que refletem as “vozes dos trabalhadores” em usinas de óleo de palma na América Latina e Sudeste Asiático, em colaboração com Cargill, PepsiCo, RSPO e Ulula. Trabalhamos com gestores e trabalhadores de usinas para lançar pesquisas telefônicas anônimas automatizadas com trabalhadores sobre suas condições de trabalho e recrutamento, e para fornecer uma linha direta para relatos sobre incidentes específicos. O teste é concebido para ajudar traders e fabricantes a compreender se tal nova tecnologia poderá ajuda-los a gerenciar riscos nas suas cadeias de fornecimento, e para direcionar mais efetivamente o apoio a seus fornecedores para identificar e endereçar questões de direitos trabalhistas. O projeto ajudará gestores de usinas a identificar se existem quaisquer problemas sistêmicos no modo como trabalhadores nas suas bases de fornecimento são recrutados e empregados, bem como a identificar grupos particularmente vulneráveis. Experiências da Guatemala, Indonésia e Malásia irão também ajudar a RSPO a compreender se a tecnologia “vozes dos trabalhadores” poderá fazer parte das futuras verificações de práticas trabalhistas em usinas certificadas. automated telephone surveys of workers on their employment and recruitment conditions, and to provide a grievance hotline for reporting on specific incidents. The trial is designed to help traders and manufacturers understand whether such new technology could help them manage risks in their supply chains, and to more effectively target support to their suppliers to identify and address labour rights issues. The project will help mill managers to identify whether there are any systemic problems in the way workers in their supply base are recruited and employed and to identify particularly vulnerable groups. Experiences from Guatemala, Indonesia, Malaysia will also help RSPO to understand whether ‘worker voice’ technology could form part of the future verification of labour practices at certified mills. 

You are currently offline. Some pages or content may fail to load.